Pão de mandioquinha - vegan e gluten free
 

Ingredientes:

2 xíc de farinha de arroz

1xic de polvilho azedo

1/2 xíc de farinha de feijão fradinho (para fazer acarajé)

1/4 de xíc de farinha de amêndoa ou de castanha do pará

1/2 xíc de semente de abóbora descascada sem sal

1/4 de xíc de orégano

3 colheres de sopa de chia (pode usar também a farinha de linhaça)

1/3 xíc de azeite

1 xíc de mandioquinha cozida

1 e 1/2 xíc de água (use a que cozinhou a mandioquinha)

1 c de sopa de açúcar mascavo

1 c de chá de sal do himalaya

1 c de sopa de vinagre de maçã

1c de sopa de fermento biológico em pó

 

Modo de fazer:

Bata no liquidificador a água, o azeite, o sal, o açúcar, o vinagre, a linhaça e a mandioquinha. Numa bacia misture os outros ingredientes, depois acrescente o que foi batido no liquidificador. A mistura fica meia líquida mesmo, por isso faça tudo com colher de pau. Depois cubra a bacia com um pano e deixe descansar a massa por 1 hora. Depois unte a assadeira com farinha de mandioca ou fubá, coloque a massa e leve ao forno por 1 hora.

 

 

Sugestões: Você pode substituir a mandioquinha por  abóbora. Ao invés da farinha de feijão você pode usar painço, farinha de grão de bico, de quinua, etc. E divirta-se com as sementes, os temperos, as ervas e as farinhas coloridas de açai ou uva, as farinhas de maracujá ou banana verde, etc.

 

 

Benefícios

A chia contém:

- Ômega 3: é uma das mais ricas fontes conhecidas, tanto animal quanto vegetal,  e encontra-se em maior quantidade do que na linhaça e no salmão.

- Cálcio: cinco vezes mas do que o encontrado no leite de vaca.

- Magnésio: possui duas vezes mais do que em castanhas e nozes.

- Manganês e fósforo: três vezes mais do que no espinafre.

- Proteínas:  É uma fonte de proteína completa, que fornece todos os aminoácidos essenciais que o homem precisa.

- Fibras: a alta concentração de fibras alimentares faz da chia um aliado do emagrecimento e na boa digestão. É também uma das fontes vegetais mais ricas em vitaminas e minerais.

- Antioxidantes: a presença do flavonoide kaempferol e, em menor quantidade, os ácidos cafeico e clorogênico presentes, torna a chia três vezes mais rica em antioxidantes que as famosas uvas-do-monte.

O feijão fradinho, segundo pesquisa da Universidade de São Paulo, contém uma proteína chamada vicilina, que ajuda a reduzir o colesterol e eliminar a gordura do fígado.

As sementes de abóbora são fonte de zinco, fósforo, proteína, magnésio, vitamina E e ferro. Protege a próstata, ossos, é bom para a memória, a bexiga, combate o envelhecimento precoce e é um potente anti-inflamatório, ajudando muito os pacientes com artrite.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now